Regulamento:

Temos algumas regras para melhor funcionamento do parque aquático e para sua segurança e conforto.

 

Folder Eletronico.png

É proibido:

  • Escalar árvores ou atirar pedras;
  • Caçar ou capturar qualquer espécie de pássaros ou animais silvestres;
  • Retirar mudas de plantas ornamentais ou quaisquer ações que prejudiquem o meio ambiente;
  • Jogar lixo no chão e não contribuir com a manutenção do parque. Qualquer dano causado às instalações ou terceiros, mesmo involuntariamente, deverá ser pago no ato;​
  • A utilização de equipamento que produza som audível independentemente do volume ou frequência;
  • Entrada de animais nas dependências do parque;
  • Entrada e uso de bronzeador solar;
  • Repassar pulseira identificadora para terceiros.

 

Áreas de piscina:

  • Para crianças de 0 a 5 anos é obrigatório o uso de boia ou colete salva vidas;
  • Não é permitido reservar cadeiras ou espreguiçadeiras;
  • É obrigatório deixar as piscinas em caso de raios, chuva forte ou outras situações imprevisíveis. Em caso de evacuação, não será restituído o valor pago;
  • É obrigatório o uso constante de pulseira identificadora;
  • Ao perceber alguma coisa fora do lugar ou alguém agindo de forma estranha, o usuário deverá comunicar imediatamente aos funcionários do parque;
  • É terminantemente proibido correr ou fazer uso de brinquedos, bem como brincadeiras de cunho perigoso, como empurra-empurra, saltos com ajuda de terceiros (mortal), jatos d’água provocados manualmente, simulação de lutas e afogamentos e práticas de desportos não aquáticos;
  • Não é permitido comer, beber ou fumar na área do complexo aquático;

 

Aos visitante:

  • Todos precisam realizar a inspeção de pele que é válida apenas para o dia, será realizada nas dependências do parque.
  • Crianças menores de 4 anos não pagam;​
  • O Thermas do Vale não se responsabiliza por qualquer dano, perda ou esquecimento de seus pertences;
  • O parque não é responsável por acidentes que venham ocorrer dentro de suas áreas e instalações, ficando cada indivíduo responsável por atos que resultem em danos a si ou a terceiros.

 

Em caso de má conduta, o THERMAS DO VALE se dá o direito de não admitir a permanência do indivíduo, sem restituição do valor de ingresso adquirido.